Pássaro que Voa [Exposição]

28 SETSEP – 20h [actualização de horário]

Inauguração da exposição com encenação pelos alunos de teatro de Claudio Hochmann e um momento musicalOpening with music and a performance
A exposição estará patente durante todo o Festival no Foyer

Este slideshow necessita de JavaScript.

PÁSSARO QUE VOA
Carlota Madeira Lopes (ilustrações) e Claudio Hochmann (textos)
EXPOSIÇÃO DE RELATOS DE REFUGIADOS ILUSTRADOS Illustrated Refugees Stories 
CuradoriaCurator • Carla Madeira

Origem do projecto
Enquanto imigrante e neto de imigrantes (os seus avós eram judeus polacos que emigraram para a Argentina entre as duas grandes guerras), Claudio Hochman quis falar de imigrantes. Assim nasceram estes contos. São histórias de gente que nasceu num lugar e que por alguma razão teve de deixar a sua terra. São indivíduos de diferentes épocas, com diferentes pontos de partida e com distintos motivos pelos quais decidem partir para outra terra. Os contos estão divididos em duas partes. Na primeira, intitulada Desencontros, contam-se as histórias de 25 homens, mulheres e crianças. Na segunda, Encontros, há 25 relatos em que se cruzam as histórias dessas pessoas.

Em 2015, Carla Madeira traduziu os contos para português e deu-os a ler à filha Carlota, na altura com 11 anos, que imediatamente se pôs a desenhar. Em apenas um mês, ela ilustrou dois relatos por dia. Hochman gostou tanto da sua visão que teve vontade de partilhar os seus desenhos com o público.

E assim nasceu esta exposição, que foi primeiramente recebida pela Galeria Beltrão Coelho (em Lisboa), entre 23 de Junho e 30 de Julho de 2016. O evento inaugural contou com uma performance teatral e uma conversa do autor com o público. A Galeria publicou também um catálogo com os todos os textos e ilustrações, o qual foi disponibilizado aos visitantes da exposição.

Algumas referências da exposição:

“Pássaro que Voa”


Leia também AQUI e saiba o que o espera AQUI
Veja AQUI exemplo do texto de Albert Einstein, criador Teoria da Relatividade e de José, futebolista
AQUI fotos da Exposição noutros contextos

Acesso livre