Being Uncanny

26 NOV – 10 DEZ | FILMIN | Sessão ESTAMOS ANIMADAS!
COMEÇAR A OLHAR – FILMES DE ESCOLA SCHOOL FILM COMPETITION

This slideshow requires JavaScript.

Being Uncanny

Filipa Alves e Maria Barbosa
Portugal | animação | 2019 | 7’

O nascimento de um ser ocorre num espaço através de um movimento inocente e genuíno. Durante a acção, esse espaço torna-se complicado e confuso, juntando diferentes indivíduos. Alguns são deformados pelos ângulos e pela luz, outros parecem reais. A simplicidade torna-se complexidade, imagens simples em catástrofes. Os rostos expandem-se e tornam-se conceitos e ideias. A imaginação torna-se visão.  

The birth of a being occurs in a space through a genuine and innocent movement. During the action, this space becomes complex and confusing, bringing different individuals together. Some are deformed by lines and light, others look real. Simplicity turns into complexity, plain images into catastrophes. Faces expand and become concepts and ideas. Imagination becomes vision.

Argumento, Produção, Fotografia, Montagem e Direcção de Arte Screenplay, Production, Cinematography, Editing and Art Direction Filipa Alves e Maria Barbosa
Música Original e Som Original Music and Sound Design Filipa Alves
Com With Beatriz Ideias, Carolina Veigas, Catarina Rosmaninho, Daniel Santos, Inês Pascoal, Lara Maia, Noel Martins
Escola School Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa
Distribuição Distributor  Filipa Alves e Maria Barbosa

Festivais Festivals
Portugal OLHO | Festival de Cinema Luso-Brasileiro (adiado) | CINENOVA | I Bienal da Fábrica

 Website

Nota das Realizadoras
BEING UNCANNY representa a dualidade entre a imagem e o nascimento do ser num espaço e movimento genuíno e inocente. Nesta animação evolutiva, onde o experimental será a base e o modo como se desenvolve o tema, são evidenciadas várias ideias e conceitos sobre a figura do ser humano. Estas são realçadas na deformação do corpo, no jogo com os elementos da cara, a interligação entre pessoas e as projecções no ser humano.